Atendimento:

+55 (11) 3818-4600

Whatsapp: (11) 96331-6022

seg. a sex. das 9 às 19h

02/06/2020

EuroR$ 5,83

DólarR$ 5,22

Nacionais
Internacionais
Nacionais
Internacionais

Ambiental Cultural

Brasileiras recebem maior Prêmio de Preservação Ambiental do Mundo

Brasileiras recebem maior Prêmio de Preservação Ambiental do Mundo
Conhecido como Oscar Verde, o prestigiado Whitley Awards, do Whitley Fund for Nature (Reino Unido), divulgou no dia 29 de abril os seus grandes vencedores do ano.

Em um momento tão difícil para ambientalistas no Brasil, duas cientistas brasileiras recebem o maior prêmio da conservação ambiental do mundo e inspiram todos que trabalham e lutam pela conservação do meio ambiente.

 

Conhecido como Oscar Verde, o prestigiado Whitley Awards, do Whitley Fund for Nature (Reino Unido), divulgou no dia 29 de abril os seus grandes vencedores do ano. Ambas são pesquisadoras da ONG IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas

 

Patrícia Medici recebeu o Gold Award, principal premiação da fundação, pelo seu trabalho de décadas com a anta – a engenheira florestal é responsável por ter criado o maior banco de dados sobre a espécie do mundo.

Patrícia Medice recebeu o Gold Award pelo seu trabalho de décadas com a anta

Patrícia Medice recebeu o Gold Award pelo seu trabalho de décadas com a anta

 

“A inspiração em pesquisadores pioneiros é a energia que me faz avançar. Enquanto conservacionista, meu sonho é salvar espécies ameaçadas de extinção. Fazer a diferença para uma espécie e seu habitat é o caminho que encontrei para deixar um planeta melhor para as gerações futuras e inspirá-las a se envolver com a conservação, seja profissionalmente ou nas ações do dia-a-dia. Com o prêmio, espero também poder motivar outras cientistas mulheres a atuar pela conservação ambiental”, conta Gabriela.

 

Gabriela Cabral Rezende recebeu o Whitley Award, oferecido também a mais cinco conservacionistas de outros países, pelo seu trabalho de conservação do mico-leão dourado, mais uma espécie que infelizmente está ameaçada pela ação humana no planeta.

A bióloga Gabriela Cabral Rezende coordena o Programa de Conservação do Mico-Leão-Preto, do IPÊ

A bióloga Gabriela Cabral Rezende coordena o Programa de Conservação do Mico-Leão-Preto, do IPÊ

 

“O mico-leão-preto só existe no estado de São Paulo. Tanto que é a espécie símbolo do estado. Temos a responsabilidade de garantir sua existência. Estou extremamente agradecida pelo prêmio, que nos ajudará a continuar um trabalho de conservação que precisa ser de longo prazo, para que possamos ver os resultados”, afirmou Gabriela.

 

LEIA A ÍNTEGRA DA MATÉRIA EM: CICLO VIVO https://ciclovivo.com.br/planeta/meio-ambiente/brasileiras-recebem-maior-premio-de-conservacao-ambiental-do-mundo/

 

Há mais de 30 anos, a Ambiental Turismo realiza viagens de interação sustentável com a natureza.

 

Conheça nossos roteiros! Fale com um de nossos consultores: 11 3818 4600 (Whatsapp)

Gostou dessa matéria? Leia mais