Atendimento:

+55 (11) 3818-4600

Whatsapp: (11) 96331-6022

seg. a sex. das 9 às 19h

03/04/2020

EuroR$ 5,97

DólarR$ 5,52

Nacionais
Internacionais
Nacionais
Internacionais

Ambiental Cultural

Caatinga possui quase duas vezes mais espécies por área do que Amazônia

19/02/2020
Caatinga possui quase duas vezes mais espécies por área do que Amazônia
Suas paisagens frequentemente secas nos dão a impressão de que há pouca vida por ali, mas isso é só uma impressão equivocada.

Uma lista atualizada das espécies de plantas com flores das florestas e bosques sazonais da Caatinga registrou 3.347 espécies, 962 gêneros e 153 famílias, das quais 526 espécies e 29 gêneros, 15% do total, são endêmicas – só existem na Caatinga.

 

O estudo, publicado na revista Journal of Arid Environments, verificou que as espécies não lenhosas, que incluem ervas e trepadeiras, são importantes para a diversidade geral e fazem com que a relação espécies/área da Caatinga (4,0×10−3 espécies/km2) seja quase o dobro da encontrada na Amazônia (2,5×10-3 espécies/km2).

 

Moabe Fernandes, doutorando do Programa de Pós-Graduação em Botânica  da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) da Bahia e primeiro autor do artigo sobre o tema ainda afirmou que: “É bom frisar que os números que apresentamos (3.347 espécies) ainda representam uma contagem incompleta da diversidade total e investigações mais aprofundadas provavelmente revelarão números ainda mais expressivos”.

 

Ainda sobre o estudo, o doutorando afirmou: “Isso vai de encontro ao que era afirmado até recentemente que a Caatinga era uma área pobre em espécies e endemismo, e chama atenção para a importância de uma das vegetações mais degradadas e menos estudadas do país”.

 

“Assim, apesar do apelo emocional relacionado à questão da Amazônia e da Mata Atlântica, a Caatinga também aparece como uma reserva essencial da biodiversidade nacional”, acrescenta Moabe.

 

Atualmente, apenas 1,2% do bioma é protegido por Unidades de Conservação e vários núcleos de desertificação se formam no território ocupado pela Caatinga. Moabe chama a atenção para o fato de que uma grande parte da diversidade deste bioma “são linhagens extremamente especializadas que resultaram de milhões de anos de história evolutiva. Além do mais, muitas delas podem ter valor prático ainda não explorado pelo homem e poderiam, por exemplo, representar a cura de doenças ou desenvolvimento de novos produtos”.

 

SAIBA MAIS EM: https://www.oeco.org.br/noticias/caatinga-possui-quase-duas-vezes-mais-especies-por-area-que-amazonia/

 

A Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro.  A Ambiental Turismo oferece vários roteiros em destinos onde a Caatinga é o principal bioma. Quer conhecer suas paisagens, sabores e a cultura criada em torno da Caatinga?

 

Fale com um de nossos consultores: 11 3818 4600 (Whatsapp)

Gostou dessa matéria? Leia mais